PRÉMIO
Palácio Nacional de Sintra,
um olhar contemporâneo sobre o azulejo hispano-mourisco
O prémio “Palácio Nacional de Sintra, um olhar contemporâneo sobre o azulejo hispano-mourisco”, promove uma visão contemporânea da arte presente na azulejaria hispano-mourisca de um dos principais monumentos de Sintra.
O concurso lança o desafio a estudantes universitários e do ensino secundário profissional artístico para a criação de padrões de azulejo contemporâneos inspirados na geometria dos azulejos hispano-mouriscos.
Consulta as especificações técnicas no regulamento e participa!

CONCORRE ATÉ 28 DE FEVEREIRO DE 2020

Azulejaria hispano-mourisca
A azulejaria é uma das expressões mais fortes da cultura portuguesa, ultrapassando a sua função utilitária e atingindo o estatuto de Arte.
O Palácio Nacional de Sintra exibe a maior coleção de azulejos hispano-mouriscos in situ da Europa, com uma vívida combinação de estilos, motivos e cores.
Prémios

PRÉMIO
JÚRI

4.000,00€

PRÉMIO
PÚBLICO

3.000,00€

Os 5 finalistas escolhidos pelo Júri, terão o seu trabalho produzido pela Viúva Lamego e exposto para votação do público, nacional e estrangeiro, que visite o Palácio Nacional de Sintra.
Consulta os critérios para a atribuição do prémio do júri no regulamento e participa!
PRAZOS DO CONCURSO

01.11

01 de Novembro 2019

Abertura oficial do Prémio Palácio Nacional de Sintra, um olhar contemporâneo sobre o azulejo hispano-mourisco

28.02

28 de FEVEREIRO 2020

Data limite para expedires a tua candidatura, por correio registado.

31.03

31 de Março 2020

Selecção por parte do Júri dos 5 finalistas

01.07 > 30.09

01 de Julho a 30 de Setembro 2020

Exposição no Palácio Nacional de Sintra do trabalho dos 5 finalistas, produzidos pela Viúva Lamego, para votação do público.

OUTUBRO 2020

Atribuição dos prémios
Júri
Composto por personalidades de relevo na investigação histórica e museográfica do azulejo português, bem como profissionais no design contemporâneo.

CONCORRE ATÉ 28 DE FEVEREIRO DE 2020

COMO PARTICIPAR
DESTINATÁRIOS
Podem concorrer todos os alunos do ensino secundário profissional artístico, assim como do ensino superior, com inscrição ativa em estabelecimento de ensino público e privado português.
A inscrição e envio de candidatura é feito em duas fases: INSCRIÇÃO E CANDIDATURA
01.
INSCRIÇÃO
Preenche o formulário de inscrição e faz upload da tua proposta. Receberás por e-mail um código alfanumérico (Número de Inscrição) que passará a ser a tua identificação neste concurso.
02.
CANDIDATURA
Envia o teu trabalho impresso por correio, em embalagem adequada para folhas A4 não dobradas, para:
Prémio Azulejo Hispano-Mourisco
Palácio Nacional de Sintra
Terreiro Rainha D. Amélia
2710-616 Sintra
Deves indicar o teu código alfanumérico (Número de Inscrição) no trabalho e em todos os documentos que envies:
  • Impressão em papel A4 do azulejo em tamanho real e do padrão composto por 16 azulejos;
  • Memória descritiva e justificativa;
  • Ficha de candidatura;
  • Cópia do Cartão de Cidadão;
  • Cópia autenticada do comprovativo de inscrição em estabelecimento de ensino, no ano letivo de 2019/2020;
  • Declaração de Direitos de Autor e Direitos Conexos;
  • Declaração de Consentimento do Titular de Dados Pessoais;
  • Declaração assinada pelo Encarregado de Educação (no caso de seres menor de 18 anos);

Nota: A ficha de candidatura ficará na posse da PSML, que garantirá a confidencialidade dos seus dados.

Especificações Técnicas
Pretende-se observar nos trabalhos apresentados uma abordagem contemporânea com um desenho inovador e inédito.
Este desenho deverá resultar de uma reformulação gráfica ou mesmo 3D, seja do padrão geométrico, seja do jogo de cores tradicionalmente patente. O resultado tem de ser inédito e inovador, com a marca da contemporaneidade, mas simultaneamente com referências claras aos azulejos hispano-mouriscos constituintes do património do Palácio Nacional de Sintra.
Os azulejos de referência do palácio para este concurso estão disponibilizados no ANEXO V (link para o anexo), em forma de padrão de 16 azulejos, de que se destacam os módulos individuais de 14x14cm.
Os trabalhos deverão ser constituídos por:
  • Ficheiros desenvolvidos em formato vectorial (Auto-Cad, Adobe Illustrator ou outro software equivalente) e gravados em formato PDF. Têm de ser submetidos no formulário de inscrição.
  • Memória descritiva e justificativa, com um máximo de 500 palavras e contidas numa folha A4 impressa em papel branco;
  • Impressão em papel A4 do azulejo em tamanho real, 14x14cm, e noutra folha 16 azulejos (respeitando um padrão de composição de desenho de 4 linhas por 4 colunas). Aconselha-se impressão com cores calibradas em papel branco com gramagem superior a 120g/m2 ou em papel de fotografia. As impressões não devem ser dobradas.
  • Indicação expressa de todas as dimensões e códigos de cor propostos nos trabalhos, necessários para uma reprodução fiel dos mesmos em suporte azulejar.

CONCORRE ATÉ 28 DE FEVEREIRO DE 2020

MEDIA
Últimas notícias
ORGANIZAÇÃO
A Parques de Sintra-Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património Mundial da Humanidade (1995). A sua criação teve como objetivo reunir as instituições com responsabilidade na salvaguarda e valorização da Paisagem Cultural de Sintra, e o Estado Português entregou-lhe a gestão das suas principais propriedades na zona.

PARCERIA

Fundada em 1849, a Viúva Lamego é hoje a fábrica de excelência para elevar a azulejaria ao plano da arte. Ao associar azulejo à criação artística contemporânea a Viúva Lamego garante que a tradição não só se mantém, como se renova.
O caminho trilhado por Álvaro Siza, Cargaleiro, Erró e outros tem vindo a ser continuado pelas novas gerações de artistas e arquitectos que veem no azulejo um material de eleição para experimentar e na Viúva Lamego o espaço que acolhe as suas ideias mais arrojadas.